TORRE DE HANÓI

19/11/2012 16:46

 

TORRE DE HANÓI - Como ferramenta para o raciocínio lógico.

A Torre de Hanói é um "quebra-cabeça" que consiste em uma base contendo três pinos, em um dos quais são dispostos alguns discos uns sobre os outros, em ordem crescente de diâmetro, de cima para baixo. O problema consiste em passar todos os discos de um pino para outro qualquer, usando um dos pinos como auxiliar, de maneira que um disco maior nunca fique em cima de outro menor em nenhuma situação. O número de discos pode variar sendo que o mais simples contém apenas três.
A Torre de Hanói tem sido tradicionalmente considerada como um procedimento para avaliação da capacidade de memória de trabalho, e principalmente de planejamento e solução de problemas. 
Fonte http://pt.wikipedia.org/wiki/Torre_de_Han%C3%B3i

Além dessas características importantíssimas, a Torre de Hanói é um jogo que trabalha na criança
• Pesquisa – tolerância; 
• Perda;
• Facilidade ou não para resolver questões;
• Percepção espacial;
• Avaliação do nível cognitivo,
• Dificuldade de planejamento;
• Rigidez de pensamento;

Como ferramentas no processo de investigação e nível de Aprendizagem (Psicopedagogia Diagnóstico), assim como no tratamento ludoterapêutico buscando como resultados

• Conhecimento;
• Interação;
• Construção;
• Planejamento;
• Solução de problemas;
• Pensamento antecipatório;
• Flexibilização de pensamento x rigidez;
• Busca de novos sentidos;
• Tolerar frustrações;
• Organização e solução;
• Foco;
• Diminui a acomodação e melhora a produtividade;

Então vai a dica de como esse "joguinho" simples é tão produtivo.
Vale a pena jogar não vale?


Gisele Alves